Moda à Toa: #Oquefazer? : Córdoba, Argentina

#Oquefazer? : Córdoba, Argentina

Voltei, mas posso querer me mudar de vez para Córdoba?
Por precauções médicas, minha viagem durou apenas duas semanas, mas foram duas semanas vividas hora a hora intensamente. Que lugar maravilhoso! Como fazia muito calor, muuuuito calor (às vezes quarenta graus), pensar em “Looks do Dia” não era prioridade. Sério mesmo, eu queria conforto e só. Então esse post vai ser exclusivamente sobre #Oquefazer em Córdoba.


A cidade possui uma forte presença de estudantes, então não tem como não ser animada. Dezenas de bares maravilhosos estão espalhados por todas as ruas além dos famosos “boliches”, que são boates animadíssimas. Uma dica: A maioria dos lugares não aceita cartão, então tenha sempre uma graninha no bolso.

Por ser uma cidade histórica, Córdoba tem vários museus que contam um pouco sobre os seus 500(?) anos, além de Igrejas que deixam qualquer um de queixo caído. Entre os principais a serem visitados estão: Iglesia Catedral, Museo de Bellas Artes Caraffa, Museo de Ciências Naturales, Palacio Ferreyra e Archivo Provincial de la Memoria.

E as praças? Eu nunca tinha certeza ao certo em que praça estava, são várias, e todas muito lindas. Plaza San Martín (o ponto de referência da cidade), Paseo del Buen Pastor, Paseo del Bicentenario, Plaza Colón, Plaza de la Intendencia, Parque Sarmiento, Parque de las Tejas...

Trens, ônibus e táxis. Apesar de, se você estiver no centro ou próximo ao centro, ser possível fazer tudo a pé, os transportes públicos da cidade funcionam. Então visitar províncias vizinhas é um ótimo programa para os finais de semana. Entre as mais procuradas estão Cosquin (o passeio pode ser feito de trem, que vai por entre as serras e tem uma paisagem inesquecível), Carlos Paz, Jesús María, Alta Gracia e Villa General Belgrano. Os passeios duram cerca de 1h a 1h30. Mas se você estiver com um pouco mais de tempo e paciência é possível partir para Buenos Aires ou Mendonza com umas 8h de viagem (o ideal é locar um carro).

Córdoba é uma cidade linda, tranquila e com moradores que te acolhem como se você também fizesse parte da cidade. Como o peso argentino anda super desvalorizado a inflação está nas alturas, então não se iluda ao achar que vai sair do Brasil e encontrar produtos baratos para trazer de lembrança. O câmbio na própria cidade sai bem mais em conta (principalmente se for no câmbio negro, que é super fácil de encontrar nas ruas), então no máximo troque no Brasil o dinheiro do táxi até o seu local de hospedagem e uma graninha de emergência, o resto troca por lá mesmo. Esqueça cartão de crédito. Não é nada fácil encontrar lugares que aceitem, e os que aceitam cobram uma taxa extra. Não se esqueça de levar um tênis confortável e biquíni (a anta aqui não levou e precisou comprar. Comprei o biquíni mais caro da minha vida kkkkk).

Quase me esqueço da parte mais gostosa da viagem: Gastronomia!! Não deixe de experimentar os Choripans (gente, isso é comida feita pelos deuses, só pode), as empanadas, asados, claro, e pizzas (mega recheadas e com uma massa crocante). Mas se não lhe agradarem não se preocupe, tem um McDonald’s em cada esquina (e aceitam cartão sem taxa extra).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© MODA À TOA - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Eddie Lima.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo