Moda à Toa: Outubro 2014

Viagem marcada. E agora, o que levar?

Sim, já tenho meu destino do intercâmbio definido: Córdoba, na Argentina. \o/ E mesmo faltando ainda algum tempo para a viagem, algumas dúvidas já começaram a surgir, como “O que levar na bagagem?”.
Apesar de que no período em que estarei na cidade ser de clima quente, passarei vinte dias no local e, claro, devo esperar algumas mudanças climáticas (na verdade, estou desejando que a temperatura caia um pouco, pois o frio sempre me agrada mais J). Então, o que fazer para não levar tanta roupa e deixar a bagagem pesadona?


Minha solução, prática e básica, será apostar no uso das meias calças e leggings. Sim, além de me ajudar a permanecer aquecida caso os termômetros apontem para temperaturas um pouco mais baixas, ainda consigo compor looks diferentes com as mesmas peças, o que me garante uma economia de espaço na mala.
Usar meia calça, seja da cor que for, precisa apenas de um pouco de bom senso e de sentir-se confortável. Então separei apenas algumas sugestões de looks para que sirvam de inspiração, mas o legal das meias é que podemos combiná-las com uma infinidade de coisas.

Já as leggings, se combinadas com camisetas ou t-shirts certas, produzem looks perfeitos para o inverno ou verão. Então, praticidade já!





#dicadeinsta: @emeutamanho

O mais legal do #màt (modéstia parte) é ter nossas amigas como colaboradoras. Esse espaço aqui é uma rede de compartilhamento de coisas legais e que fazem parte do nosso cotidiano, traz a moda e tudo que é ligado a ela de forma mais real. A hastag #dicadeinsta traz hoje o @emeutamanho, da minha amiga Eutalita. O IG dela tem uma proposta super bacana, quebra esteriótipos e o mais importante: mostra quem para "andar na moda", basta ser você mesma. Obrigada Tali e sinta-se a vontade parar dar dicas bacanudas sempre. :*




Gorda pode usar?

Escolher o que vestir quase nunca é fácil. Se você passa longe do 36/38, pior ainda. Imaginar qualquer evento social pressupõe um nó na cabeça, porque quase nada é feito para o tal público plus size. Certo? não necessariamente.
Foi pensando sobre isso e andando por lojas e ateliês que percebi que havia muita coisa que me cabia, mas que eu havia internalizado de tal forma a ideia de que "gorda não pode isso, não pode aquilo", que não me permitia experimentar. E isso, sim, fazia as coisas ficarem mais difíceis. 

Daí, então, eu resolvi pesquisar/ler/escrever e, claro, vestir coisas que estivessem fora da "cartilha de roupas para gordas". Para poder trocar ideias com outras meninas que passem por algo parecido, criei um perfil no Instagram (@emeutamanho) e me surpreendi como as postagens com algo "não-permitido" são as mais curtidas! 


Apesar disso, muitas gurias dizem que, apesar de acharem bonito, não teriam coragem. E porque não?!Nós não precisamos esconder ou disfarçar partes do corpo, se não quisermos. Não precisamos vestir só preto ou estampas miúdas, nem evitar as listras horizontais. Quem disse pra abandonarmos as saias longas e/ou rodadas, não fazem ideia de como elas ficam boas com top cropped. Sim, cropped! Se é do meu tamanho, porque não usar? 

Falo para as gordas, mas isso serve para qualquer uma de nós. Quantos limites nos impõem na hora de vestir e nos apegamos a isto de tal forma que, mesmo achando bonito, nos falta coragem?


Acho que a única ressalva que eu faço diz justamente sobre tamanho. Vejam se a roupa, de fato, cabe. Usar algo muito apertado, comprido, curto ou largo demais, sim, deixa a produção ruim. E não porque ressalta as celulites ou pula gordurinhas ou, ainda, porque te deixa sem cintura ou mais baixa. Nada disso. É que fica desconfortável, não é? Imagina passar o tempo todo se ajeitando? Puxando daqui e dali? E se sentir à vontade, vocês hão de convir, é a melhor coisa!

#ComoUsar? Ankle Boot no verão, pode?

Comprar peças de inverno em pleno verão, ou vice e versa, rende ótimos trocados no final do mês. Eu sempre fui adepta a esse “estilo de vida”, mas claro que há vários riscos, como, por exemplo, a peça entrar em “desuso” na próxima estação. Por isso eu procuro comprar se, somente se, eu gostar muito e não me importar de usar mesmo quando ninguém mais usa. Ou quando são atemporais, ou seja, dá para produzir looks bacanas de inverno a verão.


Comprei uma Ankle Boot e, apesar do que alertam os especialistas sobre as mais baixinhas utilizarem esse tipo de calçado, sou apaixona por ela. Peça chave em qualquer look de inverno, as ankle caíram no gosto da mulherada (pelo menos no meu caiu :P) e compõem lindamente produções de verão.
Como sou baixinha, minhas escolhas são sempre para os vestidos curtinhos ou leggings da mesma cor da botinha, pois desfaz aquele efeito de pernas mais curtas e largas e dão uma impressão de alongamento. Para o verão, uma opção bem legal são os vestidos floridos, que deixam de ser muito delicados e passam a ser mais sexies.


Outra sugestão que gosto muito são os shortinhos, sejam jeans ou não.


Para quebrar a “cara” de inverno, o importante é apostar em peças leves e, como eu já falei, mais curtinhas (pernocas de fora já!).


Primavera/Verão da Casa 87

      Já falei que sou apaixonada pelas cores quentes da primavera? Os looks sempre tão coloridos e fresquinhos me fazem esquecer do calor dos infernos do dia a dia. Em clima "Tropical Pop", a Casa 87 lança neste sábado (25), a partir das 15h, sua coleção Primavera/Verão 2015. "A proposta da marca, assim como da nova coleção, é transmitir uma energia mais alegre e descontraída. Essas tonalidades remetem a isso, e sem falar que tem tudo a ver com a estação", explica a empresária Juliana Souto.


      A loja promete rechear suas araras com camisetas e t-shirts coloridas, soltas e fresquinhas, bem a cara dos dias de sol, além dos shorts, que também acompanham o estilo, com um caimento mais solto. "Nossos shorts vêm em estampa de listras, que marcam menos e afinam a silhueta", apostam. 


      Juliana também aposta nas saias, curtas e longas, além dos tops cropped, que conquistaram o coração de muita gente. Outra aposta da coleção, que também foi modelada pela sócia da marca Voleide Venos, são os kimonos cardigan, que estão virando tendência no mundo afora. 


      O evento de lançamento da coleção acontece a partir das 15h. A entrada é gratuita e todas as peças expostas no coquetel estarão à venda. A Casa 87 está localizada na Rua Marechal Deodoro, 87, bairro da Encruzilhada e abre de segunda à sexta das 09h às 18h e no sábado das 09h às 13h. Informações: (81) 3038-6056. A o evento ainda contará com a discotecagem do DJ Haymone Neto.


Crédito das imagens: Luka Santos.

Quem não tem closet ou penteadeira caça com que?


A blogueira Thassia Naves apresentando seu closet a revista Glamour.(Foto: Rômulo Fialdini)

Vamos confessar, quem não sonha com um closet dos sonhos, com espaço só para sapatos, outro para bolsas, roupas organizadas em mil prateleiras, e um lugar especial para makes e joias. Mas aí na falta de espaço fica vidrada em uma penteadeira de preferência com aquelas luzes bem camarim hollywoodiano. E por ter menos espaço ainda, se contenta em ter apenas um porta make ou joias bonitinho e funcional? Bem, faço parte das sonhadoras mais realistas ao pouco espaço provisório. Como não tenho muitas makes e muito menos joias, guardo minhas quinquilharias em dois espaços bem práticos.

Eu estava perdida no mundo que é o Atacado dos Presentes, e na seção de escritório lá estava esse organizador super fofo, pink e que em nada me lembrou escritório. Dei a utilidade que lhe cabia: guardar  minhas poucas maquiagens de forma bem organizada. R$ 15,90 (se não estou enganada)
As caixinhas de acrílico são as mais comuns. Achei essa aqui com divisórias bem legal que encontrei na Tok&Stok R$ 169,00
Esses são porta joias lindos, revestido em vidro espelho bizotado. O com três gavetas custa R$ 99,90 e o menorzinho R$ 49,90
A primeira foto é a caixinha para maquiagem e o segunda é a para minhas bijouk. Achei muito fofinhas esses portas da Imaginarium e por ser em madeira, é bem mais resistente e fácil de combinar com os móveis do quarto. Porta Make R$ 99,90 e Porta Bijoux R$ 123,41

Esse é meu porta joias bem antiguinho. Tem um valor imensurável por ter sido da minha mãe. Amo!

Operação tapa buracos

Não, esse post não é sobre os problemas de pavimentação da nossa cidade. 

Tive uma adolescência marcada por ótimas lembranças, mas tem uma que eu queria esquecer e que me deixou, literalmente, várias marcas. Preciso nem dizer de que estou falando, né verdade? Sim, eu tive muitas espinhas e cravos e, ainda hoje, tenho algumas marcas. Como não são absurdamente horrorosas, preferi não aderir ao tratamento com ácido ou laser, já que são bem agressivos, apesar de surtir um bom efeito. Enfim...
Para “disfarçar” minhas marquinhas indesejadas não abro mão de uma make no meu dia a dia. Daquelas bem básicas mesmo, mas que já fazem parte de mim :P (Sério, até eu me estranho quando me vejo de “cara lisa”).
Nesse último mês investi meus “kikis” nas minhas favoritas para o dia a dia e, claro, não poderia deixar de compartilhar aqui no #màt.

Duo Perfect para Sobrancelhas (Brow) – Contém 1g R$ 66. Já falei dele aqui no blog. Como tenho a sobrancelha com muitas falhas, esse duo é a solução mais prática do mundo, além de deixar um resultado super natural. Ele acompanha um pincel chanfrado com esponja flocada, que ajudam a finalizar a aplicação.


 Pó Compacto (Pétala-Marfim) – Contém 1g R$ 89. Tá aí uma coisa que não pode faltar na nécessaire. Como uso muito, minhas escolhas sempre iam para o que tivesse menor preço e nome conhecido no mercado, mas no fim eu sempre acabava reclamando, então resolvi investir um pouco mais em um produto muito melhor. Como ele possui textura ultrafina, o resultado final é um efeito natural, com acabamento leve e sedoso. Combinação perfeita pra quem não quer sair por aí assustando criancinhas pela rua.


Sombra Compacta (Capim-limão Opaco e Girassol Cintilante) – Contém 1g R$ 38, cada. Pra ser sincera, eu não gastei nada com essas sombras, pois ganhei de presente da marca. Quando fui conhecer a coleção Primavera-Verão da Contém 1g fiquei louca por cada um dos produtos e eis que minha surpresa chegou alguns dias depois. Não preciso nem falar que me apaixonei, né? Não uso as duas para o dia a dia, pois precisaria me dedicar um pouquinho mais na produção, para não ficar com um efeito muito carregado. Mas a Girassol Cintilante incluí para fazer uma finalização um pouco mais “glamourosa” no meu basicão.


Lápis olhos prova d’água (Preprê) – Quem disse, Berenice? R$ 21,90. Sim, meus lápis precisam ser retráteis, pois não tenho o dom de fazer ponta, além de achar muuuito mais prático. Sim, eles também precisam ser a prova d’água, pois uso todos os dias, o dia todo, e ninguém merece passar o dia com cara de panda. E o marido ainda brinca que eu já acordo maquiada (Eu sei que a gente precisa tirar bem a maquiagem todos os dias, para que a pele não sofra as consequências e blábláblá blábláblá E eu até tenho demaquilante para olhos, mas minha preguiça mórbida de todos os dias não deixa. Então “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”).


Blush (Malvíssima) – Quem disse, Berenice? R$ 35,90 – Na verdade esse blush não deveria estar aqui nesse post, pois já fazia um tempinho que eu havia comprado um, mas o desastre em pessoa aqui fez o favor em derruba-lo no chão e transformá-lo em pó, literalmente. Pior que não foi a primeira vez que isso aconteceu L Esse tom eu uso desde sempre, pois não consegui me acostumar com outros tons, por mais lindos que fossem. Essa cor é bem legal porque deixa um efeito de pessoa saudável.


Delineador (Verdolino e Zuzulino) – Quem disse, Berenice? R$ 11,90, cada, na promo. Sempre tive medo de usar delineador, pois não tenho uma coordenação motora muito confiável, mas conversa vai e conversa vem com uma das vendedoras da QDB e fui convencida de que a “prática é amiga da perfeição”. Ainda estou muito longe de atingir um resultado próximo do perfeito, mas o importante é que estou aqui firme e forte tentando fazer um delineado digno de elogios kkkk Mas por que azul e verde? Porque sim! E porque até meu básico precisa de cor J


#dicadeinsta: @poemese

Essa tag nova no blog é para compartilhamos IGs legais que existem por aí mundo afora. O primeiro será o @poemese, que sou apaixonadinha. Ele sempre traz letras de músicas, frases de livros e poemas que inspiram e nos fazem refletir sobre a vida e sobre nós mesmos. Adoro visitá-lo quando estou naqueles dias, digamos assim, sei lá:  não estou feliz, nem triste, apenas sei lá. Aceitamos dicas de perfis bacanudos para compartilhar aqui.








Scarpin off white, hot or not?



Rejeição pelo all star de salto (confesso que tive um), as aquelas basqueteiras, sandálias da melissa transparente, as crocs (hahahah morro com as piadas que fazem com elas), tudo isso eu super entendo. Agora, nunca entendi porque o scapin branco se tornou brega. Bem, para mim nunca foi, apesar de ter dificuldades em usar peças brancas. Primeiro pela paciência de mantê-las brancas e segundo porque o branco é forte, por incrível que pareça dependendo de outras cores que venham a ser usadas no mesmo look, a pessoa pode sair meio papagaiada, digamos assim. 
Como toda noivinha, pensei logo em comprar o meu scarpin off-white, mas como meu vestido era curto não queria um muito alto. Optei por um tamanho médio e que pudesse ser usado além dessa data sou dessas.   Minha preferência ao pensar nos looks com ele é por um estilo mais esportivo, para dar aquela quebrada de FESTA o/. Adoro usar com calça boyfriend, e camisa podrinha. Ou com calça skyn escura, uma camiseta rocker branca e colete jeans.  Resumindo a ópera: look street style combina com scarpin off-white.


Adoro como a Emily, do Cupcakes  Cashmere, sabe montar todo seu look com o gerador de polêmica nos pés. HAHAHAHAH. 


Miroslava Duma e Thassia Naves optaram por usar com um estilo mais arrumadinho, formal mesmo. O vestido lady like de Thassia casou super bem com o scapin. 

Dupe: Flat Out Fabulous, da MAC x Rosa Marcante, da Eudora


Se tem uma coisa que nos deixa feliz  é ter em nosso espacinho a participação de amigos. O universo da moda e suas vertentes é bem democrático (para todo os gostos) e é muito bacana contar com amigos para dividirem suas experiências, opiniões e gostos. Nossa super amiga Roberta Meirelles volta a dar o ar de sua graça no #màt, com dicas de beleza. 

Valeu Beta!






Se tem uma coisa que a MAC sabe fazer é criar batons-desejo! A marca conseguiu até transformar aquele bendito Hipoglós rosa que só fica bem em 0,001% da população chamado Snob (comprei um e não estou nessa estatística, o pobre tá encostado até hoje) virar tendência absoluta há alguns anos. E a cor que está causando frisson na mulherada no momento é o lindo fúcsia do Flat Out Fabulous, da linha Retro Matte.

Como não poderia deixar de ser – e graças a Deus -, já começaram a aparecer as “versões inspired” do batom – que, por sinal, custa 66 realidades. Por esses dias, achei praticamente O irmão gêmeo do Flat Out Fabulous! É o Batom Mate Eudora Soul na cor Rosa Marcante. Ele é menos mate do que seu “primo rico”, mas é opaco o suficiente e confortável de passar. Embora na bala ele pareça mais claro, na amostra na mão (o Flat Out é o da esquerda, e o Rosa Marcante, da direita) eles são praticamente iguais. E por R$ 14,90, é um ótimo negócio! E a fixação é ótima, você come, bebe e o máximo que acontece é a cor dar uma desmaiada no centro dos lábios. Bom, bonito e barato, vale muito a pena!

E ainda conta com um bônus: assim como as demais marcas do Grupo O Boticário, a Eudora não testa seus produtos em animais! Coisa que, infelizmente a MAC faz – apenas no mercado chinês, onde os testes são obrigatórios, mas bicho é bicho em qualquer lugar do mundo, né verdade¿ Para saber mais sobre o assunto, dá uma lida aqui: http://www.pea.org.br/crueldade/testes/index.htm


Teste dos dois batons na mão. Super parecidos.

Na boca fica incrível.

Sim, eu estou feliz com meus cachinhos

       Esse final de semana fui ao salão só tirar as pontas ressacadas e tentar salvar minha sobrancelha (meu drama), quando ouvi da cabeleireira "E aí, vamos fazer uma progressiva?". "Nãããão, desse mal já me libertei", respondi de imediato e ainda dei uma risadinha :P Ela ainda completou: "Eu queria fazer isso também, mas ainda sou escrava dos lisos".


       Pois é, há pouco mais de dois anos, eu vivia uma verdadeiro drama com meus fios. Nunca estava totalmente satisfeita com o resultado da química e queria cada vez mais liso. Mas aí apareceu um casamento no meio do caminho e precisei deixá-lo crescer, sem química alguma. Uma semana depois do meu casamento, voltei ao salão para cortar e voltar para o liso que tanto me fazia falta, aí me vem a bomba "Hoje não vai dar tempo para a progressiva. A gente corta e deixa marcada tua hora". "Não!!!" Mas, ou era isso, ou sair do salão sem fazer nada (aí não tem graça, né?). E cortei. E me apaixonei. E me libertei.

Tá certo. Eu não tenho tantos cachinhos, mas meu cabelo é cheio das vontades.
       Sim, foi fácil. E mais, foi ótimo deixar que meu cabelo voltasse a ter vida própria. Se era bom acordar com os cabelos prontos? Sim, era. Mas é ainda melhor não me preocupar em retocar a raiz (na verdade ainda me preocupo com essa parte, pois não abandonei as tintas), não me sentir incomodada com as pontas nada naturais e o melhor: lavou tá pronto. Nada de auxilio de secador, chapinha, etc etc. Adeus escravidão. Adeus ditadura da chapinha!

Dois anos atrás, quando cortei pela primeira vez e decidi usá-lo assim, livre. A princesa é minha afilhada, que já está enorme!

Tudo azul.

Não sei se é pelo uso, digamos assim, tardio da maquiagem na minha vida, mas sou clássica. Nude para nunca errar, sabe como é? Tenho problemas principalmente em usar sombras, porque como tenho olhão, fico com medo dos exageros e parecer que maquiada quem nem drag queen. But...quando encontramos um profissional que entende do assunto a coisa muda. E o meu desafio foi a paleta de tons azuis (cor que apareceu com tudo na semana de moda de New York). Convidada pela minha dinda Helô Paiva, marketing da Contém 1g, para conhecer a nova coleção Primavera Verão 2015, me entreguei nas mãos de Dudu Menezes (@dudumenezs) e deixei ele criar. E não é que adorei arriscar em algo diferente.


Depois de preparar a pele com o básico: prime, corretivo, base e pó, fomos as novidades da Contém. O Dudu usou a sombra Campim-Limão Opaco R$38,00, depois o quarteto Artiste Palette Boquê R$ 82,00, na sombrancelha um truque que adorei. Para dar forma, o Dudu usou o lápis Light Up R$58,00 e o Perfect Duo Bow R$73,00. Como ele investiu tudo no olhão, o rosto ele deu uma bronzeada sutil, com o Duo Blush R$74,00. Nos lábios usei o brilho labial Lumière R$ 44,00.


Fofo e talentoso @dudumenezs

Military fashion

Mudança de trabalho, rotina, pensamentos e claro, TEMPO. Como sou péssima em administrar as minhas horinhas do dia. Infelizmente me ausentei do blog, mas aos poucos tudo volta ao seu normal. Justificativas a parte, tenho guardado vários conteúdos para posts e um deles é sobre o estilo militar. Andei reparando que ele sempre se faz presente entre uma estação e outra. As vezes de forma gritante outras bem discreto. No badalado desfile da Chanel, no Paris Fashion Week 2015, a referência ao militarismo teve vez em meio ao protesto contra o machismo promovido pelo deuso-master da marca, o designer Karl Lagerfeld.


A linda Gisele Bündchen com a boca no trombone.
A textura em camurça e os macacões foram as principais referência usadas pela Chanel para o look militar, mas sem deixar a feminilidade expressa com tanta perfeição pela Coco Chanel.

Simplesmente apaixonada por essa saia. Estava distraída, bem à toa pelo Shopping RioMar, quando de repente meus olhos se prenderam na vitrine da loja Opção e meu coração bateu mais forte. HAHAHAH. E virou farda viu? combina com tudo. principalmente com camisas de tons mais sóbrios, com pegada military. Saia R$ 69,90 // Camisa Emme R$ 99,00



Quer pagar quanto?!

      kkkkkkk desculpa o título, mas foi só em que pensei na hora que escrevi esse post! :P

       Estou planejando para minhas férias do próximo ano fazer um intercâmbio para Argentina (ou talvez Espanha, se meu bolso permitir). Para isso, alguns gastos PRECISAM ser cortados, então comecei a partir das minhas compras online sai de mim tentação kkkkkk. Além de comprar apenas o que preciso, as compras acontecem se, somente se, tiver descontinho amigo, claro!
       Nessas minhas buscas por promoções e cupons de descontos encontrei o Méliuz , um site que, além de oferecer cupons de descontos, ainda dá parte do seu dinheiro de volta. Como assim??

       Muito simples, Bial. Você faz seu cadastro bem aqui e procura se a sua loja preferida faz parte da infinidade de opções que eles dão (até agora tive sorte em todas que procurei). Pronto! Você será direcionado a uma página indicando o valor de desconto + reembolso. O Ali (sim, até no Ali você consegue economizar ainda mais), por exemplo, está com várias promoções, uma delas é $ 5 de desconto em compras usando o AliPay + 2% de volta. O reembolso só pode ser resgatado após acumular R$ 20. Eles transferem direto para sua conta bancária. 


       Eu usei, aprovei, economizei e indico. Ah! Falando em indicar, eles ainda dão R$ 5 para indicar seus amigos. Pronto, chega de desculpas que está tudo muito caro nesse mundo, compra pelo Méliuz!

Dica de leitura: Look, Thássia Naves

       Há dias que quero fazer esse post, mas daí surgem turbilhões de coisas e fui adiando. Sabe como é, né?
       No meu aniversário ganhei de presente o livro da blogueira e fashionista Thássia Naves, intitulado Look. Já tinha ouvido falar, mas confesso que não havia chamado minha atenção. Que boba! Leitura mais do que indicada!


       Quem é seguidora do blog e ama de paixão cada look do dia postado pela it girl vai super se familiarizar com a leitura, que é muito leve e prende nossa atenção. Thássia separou dicas maravilhosas e preparou um capítulo ~ o meu favorito ~ sobre o que usar nas mais diversas ocasiões. E o mais legal é que ela não ficou só nas dicas, ela montou vários looks a partir de cada dica ~ geeente, cadê espaço no guarda roupas pra caber tanta coisa legal??.
       Além das dress codes, a publicação ainda reúne dicas de makes, cabelos e viagens (nacionais e internacionais). Thássia também fala sobre suas inspirações, ícones da moda que, de alguma maneira, ajudaram para que ela adentrasse ao fashionismo.
       Então fica aqui a minha dica: Look, da Thássia Naves, uma leitura super agradável e indicada.

Around the World intitula nova coleção da Soslayo

Mais uma vez, a grife Soslayo, da estilista pernambucana Mariana Almeida, mostra a que veio. Criada há um ano, a grife lança nesta quinta-feira (02) sua segunda coleção, que recebe o título Around the World. E novamente Mariana preparou um get together, que acontece na Loja Combi, em Casa Amarela, a partir das 16h, ao som do DJ Guilherme Gatis.


            Sugerindo uma viagem ao mundo, a coleção primavera/verão da Soslayo trabalha com estampas formadas a partir de prints com fotos de viagens e referências, como mapas e aviões de papel, da designer pernambucana Maíra Egito, que realiza o projeto com exclusividade para a marca.


            Around the World aposta em peças como saias longas e curtas, vestidos fluidos, camisas leves e confortáveis e quimonos, além da confecção em diferentes materiais, como o neo prene, que já apareceu na primeira coleção.



SERVIÇO
Lançamento da Coleção Primavera/Verão Soslayo (Around the World)
Quando? Quinta-feira (02), a partir das 16h.
Onde? Loja Combi – Rua Professor Álvaro Lima, 47, Casa Amarela.


*O #màt também acompanhou o lançamento da primeira coleção da Soslayo AQUI e AQUI.
© MODA À TOA - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Eddie Lima.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo